Notícias

Sendys com SaaS em Moçambique

O grupo Sendys apresentou na Feira Internacional de Maputo (FACIM), o ‘Masterway’, software de gestão disponibilizado em modelo de cloud computing, ou Software as a Service (SaaS)
Sendys com SaaS em Moçambique

O Masterway agrega funcionalidades de gestão comercial, contabilidade e CRM.

A aposta da empresa portuguesa surge num momento em que o mercado moçambicano procura soluções especializadas e mobilidade, para fazer face aos novos modelos de negócio que estão a emergir.

Com o investimento e através do Masterway o grupo procura disponibilizar, uma oferta integrada, com funcionalidades de gestão comercial, contabilidade e customer relationship management (CRM). E pretende oferecer simplificação de processos e de modelos organizacionais, com centralidade na informação e gestão online de negócio.

De acordo com a Sendys o software está alojado num centro de dados local, com grande largura de banda e servidores e infra-estrutura capaz de suportar. “Todos os sistemas e ligações estão duplicados, em arquitecturas redundantes, permitindo atingir elevados níveis de disponibilidade.”, garante a empresa em declarações para o Computerworld.

Embora diga que os backups são efectuados para várias localizações, não explica quais são. Mas garante que as periodicidades para tal são bem definidas, “com rigorosas medidas de segurança, controlo de acesso e monitorização da rede” e instalações.

“Se tivermos ainda em atenção que, segundo dados referentes a 2016, num total de quase 150 economias, Moçambique ocupa o 84º lugar no ‘Índice Global de Inovação’ e está em grande crescimento no que se refere ao uso de tecnologias de informação e comunicação, percebemos que o futuro passa, também aqui, pela cloud”, comenta Fernando Amaral (Sendys).

“Temos soluções dimensionadas para várias tipologias, dependendo de inúmeros fatores, como por exemplo a complexidade e volume dos dados”, assegura a Sendys. O grupo Sendys marcou presença no pavilhão de Portugal, do certame moçambicano, em representação da Alidata, Sendys mas também da Seal Moz.

Esta é uma empresa do grupo sediada em Maputo e que se dedica à implementação e manutenção de software desenvolvidos internamente com as marcas Sendys, Alidata e Masterway. No mercado moçambicano o grupo português ainda tem a Sort Consulting, “a mais antiga ‘software house’ moçambicana”.

“Se tivermos ainda em atenção que, segundo dados referentes a 2016, num total de quase 150 economias, Moçambique ocupa o 84º lugar no ‘Índice Global de Inovação’ e está em grande crescimento no que se refere ao uso de tecnologias de informação e comunicação, percebemos que o futuro passa, também aqui, pela cloud”, comenta Fernando Amaral, chairman do grupo Sendys.

 LER NA ÍNTEGRA

Partilhar

Contacte-nos. Clique aqui.

Se necessita de mais informações, deixe-nos
a sua mensagem e entraremos em contacto consigo.